Entrevista a David Rosa, atleta XCO Olímpico apoiado pela MoveFree

Vem apoiar o David Rosa na Taça de Portugal de XCO em Belas, que terá lugar este Domingo!

 

 

 

David Rosa alcançou recentemente o 19º lugar no Campeonato Europeu de XCO, um lugar histórico para a representação lusa no Cross-Country Olímpico. Entrará em campo este domingo, em Belas, para mais uma etapa da Taça de Portugal de XCO - apareçam para torcer por todos os atletas!

 

 

 

 

 

.1 De recorde em recorde, até atingires o 19º lugar no campeonato europeu de XCO. Conta-nos um pouco de como foi partir de posições atrasadas para ganhar tantos lugares e trazeres este resultado para Portugal?

Partir muito atrás é sempre problemático pois temos de fazer um esforço suplementar para ultrapassar atletas, mas para mim o pior é mesmo o maior risco de quedas. Toda a gente quer ir para a frente e havendo muitos toques de rodas, cotovelos e ombros as quedas são frequentes e podemos hipotecar a prova logo ali. Por isso tenho sempre um pouco mais de cautela e tento no mínimo manter a minha posição, com o objectivo principal de não estar envolvido em quedas, o que nem sempre é fácil pois muitas vezes não há mesmo como evitar. Em Nove Mesto, após ter tido um arranque seguro tive um furo logo no início da 1ª volta, ficando na 98ª posição, para recuperar a partir daí foi um esforço enorme. Não é nada fácil ao ter depois e recuperar tanto lugar e ainda para mais com a concorrência que há numa Taça do Mundo, são todos extremamente bons, mas chegar em 29º foi um óptimo resultado. Consegui o primeiro Top 30, mas decerto que teria sido bastante melhor. Na prova seguinte, em Albstadt, apesar de ter melhorado esse resultado não estive tão bem fisicamente como em Nove Mesto... lá está, não há provas iguais. No Campeonato Europeu, tínhamos uma pista menos selectiva e o que havia a fazer arrancando de trás era conseguir entrar num bom grupo (tendo no início de ir a saltar de grupo em grupo) e tentar aguentar o ritmo imposto.

 .2 Para conseguir a qualificação olímpica para o Rio 2016, os atletas da selecção nacional de XCO têm de obter uma série de pontos ao longo dos próximos anos. Qual a estratégia delineada para maximizar este resultado?

 Penso que a estratégia será a de pontuar sempre o mais possível nas provas UCI nacionais e internacionais. Eu vou tentar estar numa forma constante durante todo o ano para conseguir isto, e, claro, fazer o maior número de provas UCI.

 .3 Quais as tuas próximas presenças em competições internacionais? Como te estás a preparar para essas provas?

 A próxima competição será a Taça de Portugal de XCO em Belas, de categoria UCI C2 a 22 de Junho. Depois há o Campeonato Nacional e restantes Taças do Mundo de XCO. Há mais provas mas tenho de analisar semana a semana a minha condição para saber se vale a pena ou não ir competir, pois com cada prova há desgaste. A minha forma de preparação será que tenho feito até agora, treinar com cabeça, alimentar-me bem e descansar o melhor possível pois com tanta prova é importantíssimo este equilíbrio.

 .4 E em Portugal? Quais as tuas próximas provas e onde é que os portugueses te poderão estar a apoiar?

 Em Portugal irei competir nas etapas da Taça de Portugal em Belas (22/6), Oliveira de Azeméis (14/9) e Seia (12/10) e o Campeonato Nacional em Póvoa de Lanhoso a 13 de Julho. Em princípio serão estas as competições, podendo no final da época fazer, como costume, outros eventos.

 

.5 Como têm sido as sensações tens obtido com a tua Scott Scale 700 RC em 2014? E com os restantes materiais e componentes, de que forma sentes que têm ajudado o teu percurso?

 Noto a diferença principalmente nas subidas mais inclinadas. A geometria da 900 (29) acabava por ser um pouco grande de mais para alguém com a minha altura/peso, e com a 700 estou mais equilibrado. Claro que a 29 ganha em alguns sítios, mas no cômputo geral sinto-me bem mais à vontade com a 700. Outra situação que tenho de focar é a fiabilidade da bicicleta e de todos os seus componentes, desde o grupo Shimano XTR às rodas Prototype. Podia estar um pouco mais leve, mas perderia fiabilidade, assim penso que tenho o equilíbrio correcto entre peso/comportamento/fiabilidade e isso é muito importante.  

Nota: Os nossos contactos são efectuados preferencialmente via telefone, pelo que agradecemos um preenchimento correcto deste campo. Entraremos em contacto consigo o mais brevemente possível.

Novo código
header-bg01
Iniciar Sessão